sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

CONFLITOS AMBIENTAIS E URBANOS: DEBATES, LUTAS E DESAFIOS, um livro organizado por Carlos RS Machado, Caio Floriano dos Santos, Claudionor Ferreira Araújo e Wagner Passos

CONFLITOS AMBIENTAIS E URBANOS: DEBATES, LUTAS E DESAFIOS é um livro organizado pelos pesquisadores em Educação Ambienta Carlos RS Machado, Caio Floriano dos Santos, Claudionor Ferreira Araújo e Wagner Passos, que integram o Observatório dos Conflitos do Extremo Sul do Brasil, apresentando reflexões relativas aos conflitos urbanos e ambientais, obtidas por pesquisadores e acadêmicos envolvidos na organização de observatórios no Brasil, como o do Rio de Janeiro (IPPUR, Observatório dos Conflitos Urbanos do Rio de Janeiro), coordenado por Carlos Vainer e Breno Câmara e outros pesquisadores e bolsistas; e o Observatório dos Conflitos Ambientais (GESTA, UFMG), sob a coordenação de Andrea Zhouri e outros pesquisadores e bolsistas que acompanham os conflitos no estado de Minas Gerais. Também contamos com a colaboração de um artigo de dois companheiros uruguaios, Victor Bachetta e Angel Segura, do Observatório da Mineração no Uruguai, em região contígua ao Rio Grande do Sul.
No entanto, o livro, iniciando pela apresentação de Henri Acselrad (UFRJ) e pelos artigos de Javier Taks (Udelar/Uruguay), William Soto (UFPel), Billy Graeff (FURG) e José Damico (UFRGS), envolvendo, desde os campos teóricos da sociologia, da antropologia, da sociologia do esporte e de estudos em observatório da periferia da França, visou a constituir-se em um conjunto de reflexões com importante contribuição para as discussões que estamos realizando aqui no extremo sul do Brasil. Por fim, e na medida em que estamos envolvidos em um programa de pós-graduação em Educação Ambiental (PPGEA/FURG), os companheiros Carlos Loureiro e Philippe Layrargues (UFRJ e UnB), bem como nós, organizadores daquela produção, discutíamos a relação entre esse campo do conhecimento (Educação, Educação Ambiental) os conflitos ambientais e urbanos. O livro contou com o apoio do CNPq através do edital universal 2010-2012.



Nenhum comentário:

Postar um comentário